Terceirização – Como esse Processo está evoluindo no mundo dos Negócios

Se você deseja atingir seus resultados de forma rápida, eficiente, tendo como premissa básica o foco integral de seu esforço no “core” do seu negócio, a terceirização pode ser o caminho a percorrer, mas esse método só funcionará se você o fizer seguindo alguns passos importantes e determinantes para o sucesso do seu projeto.

Primeiramente, vamos falar um pouco sobre o processo de terceirização. Terceirização refere-se à contratação de entidades terceiras para executar funções específicas de negócios da sua organização. As razões mais comuns pelas quais as empresas terceirizam é a redução de custos e a busca por garantir que sua equipe própria esteja dedicada ao “core” do seu negócio, garantindo assim foco total nos fatores mais determinantes para o sucesso da sua empresa.

Para ser mais exato, você deve ser capaz de encontrar no mercado os melhores profissionais para execução do processo a ser terceirizado e utilizar as tecnologias mais adequadas às necessidades do processo em questão. Por fim, deve buscar uma empresa que consiga suprir as duas características acima da forma mais customizada ao seu negócio.

Neste post, estão compilados alguns dados e estatísticas mundiais sobre terceirização para ajudar você a tomar decisões fundamentadas para o seu negócio. Se ainda estiver indeciso sobre se deve ou não implantar a terceirização na sua organização, os últimos dados e fatos sobre este setor global estão aqui apresentados, oferecendo melhor visibilidade sobre qual caminho seguir.

I. Principais razões para terceirizar

A seguir estão as razões mais comuns para as empresas terceirizarem.
Razões mais comuns para as empresas adotarem a terceirização.

II. Setor de Terceirização Global

O tamanho do mercado global de serviços terceirizados em 2018 era de US$ 85,6 bilhões.
Mais de 65% das empresas que terceirizaram em 2017 provavelmente continuariam a fazê-lo, o que demostra a eficácia dos processos de terceirização bem conduzidos.

III. Tipos de Terceirização

As duas formas mais comuns de terceirização hoje são o ITO (Terceirização de Tecnologia da Informação) e o BPO (Terceirização de Processos de Negócios).
Nas ITOs, a receita da indústria global em 2018 foi de US$ 62 bilhões e nas BPOs, a receita da indústria global no mesmo período foi de US$ 23,6 bilhões.
Estima-se que o mercado global de BPO alcançará a marca de US$ 262,2 bilhões em 2022, principalmente devido ao desenvolvimento e disponibilização de novas tecnologias que, em muitos casos, serão contratadas em “packs” que incluem a tecnologia e a mão de obra para implementá-la e mantê-la operacional.
O mercado americano ainda se apresenta como o líder mundial em terceirizações e deve ter um share de aproximadamente 42% desse mercado.

IV. Funções terceirizadas

Estima-se que, fora as áreas estratégicas das empresas, praticamente todas as áreas terão oportunidade de terceirização. Em TI, por exemplo, a maioria das funções já vem sendo terceirizadas:

  • Desenvolvimento de aplicações
  • Manutenção de aplicativos
  • Operações de data center
  • Administração de banco de dados
  • Suporte para desktop
  • Recuperação de desastres
  • Central de Ajuda
  • Segurança de TI
  • Operações de rede
  • Web hosting e operações

As indústrias líderes em terceirização no mundo são o setor de Defesa, o setor de Governos e o setor de Seguros.

Outro setor que vem crescendo muito no universo das terceirizações é o segmento de Saúde, que foi o setor com maior evolução nos últimos 3 anos, seguido dos segmentos de Recursos Humanos e Financeiro, ambos na faixa de crescimento acima de 30% ao ano.
Podemos constatar então que a terceirização é uma ferramenta que tem demostrado extrema eficácia à estratégia executiva ao aliar o foco nos temas mais relevantes da empresa e a necessidade sempre constante de redução de custos, como mão-de-obra e serviços adjacentes ao “core” do negócio. Trata-se, em ultima análise, de uma tendência irreversível, pois unifica dois fatores importantes e sempre presentes no dia-a- dia das organizações.

Um bom Projeto de Terceirização deve levar em consideração alguns cuidados essenciais e seguir alguns passos importantes que garantam o sucesso do Projeto. Esse será o tema que exploraremos no próximo Post sobre o assunto.

Fontes: Deloitte, KPMG, Gartner, AT Kearney